Deixe-me achar meu caminho

Para o paraíso. 

Deixe-me achar meu caminho Para casa. 

Deixe-me abraçar-te sob o azul do céu. 

Prometo fazer esse momento durar pra sempre, 

Apenas deixe-me ficar ao lado

De quem amo, 

De quem prezo, 

De quem quero cuidar. 

Deixe-me ao teu lado ficar. 
(Paulo Faleiro / Amável Escritor)

Anúncios

​Ei 

menina linda, 

Venha cá, 

Vamos dar uma volta no parque 

E de barquinho juntos

Andar. 
Vamos dar umas pedaladas

Curtir um cineminha, 

Eu pago a entrada 

E a paçoquinha. 
Quero que seja minha dupla

Perfeita, 

Criminosos do amor. 
Quero que comigo fiques 

Pra nos fins de tarde, 

Juntos

Assistir um Netflix. 

(Paulo Faleiro /Amável Escritor )

​Deito pra dormir

Mas não consigo, 

Lembro que você 

Não está conseguindo sorrir. 
Eu tento

Me lamento

Ver você nesse sofrimento

E me pego voltando 

Ao quarto chorando. 
Eu peço ao meu bom Deus

Que cuide dela, 

Que lhe proteja 

E lhe cuide. 
Deus, meu bom Deus

Somente tu sabes bem

Que se perco, 

Essa menina 

Ficaria eternamente entristecido

E minha vida, 

Jamais teria sentido. 

​Paraíso perdido

Maldita fruta venenosa

Que na boca de Eva foi saborosa, 

E não a fez ver, 

Que um paraíso fez se perder. 
Maldito homem Adão, 

Trouxe a nós 

Tamanha imperfeição. 

Egoísmo declarado, 

Nos trouxe o pecado. 
Agora vago por aí 

A sorrir, 

Confiante de que

Um novo mundo

Irá surgir”. 

(Paulo Faleiro / Amável Escritor )

​Viver sem Ti

Seria viver sem ar.

Seria o mesmo que andar descalço no espinho. 

Seria o mar perder a cor. 

Seria o céu escurecer, sem nenhuma chance de clarear. 

Seria como um passarinho

Preso em uma gaiola, 

Querendo se libertar

E livre voar. 

Viver sem ti, 

Seria como uma flor nascer sem terra, crescer sem água, e

Alguém pra cuidar. 
Viver sem ti

Seria como viver sem ar. 

Como vivemos sem ar?